Nos últimos posts tenho falado de carreira e quero continuar mais um pouquinho nisso, pois acredito que estamos em um momento onde muitas pessoas estão repensando suas carreiras. Meu objetivo agora é aprofundar a questão da competência que mencionei como primeiro aspecto, trazendo um olhar na perspectiva de conhecimento intelectual e compondo com Inteligência Emocional.
O sucesso na área intelectual e emocional denota a capacidade de usar a mente e as emoções como ferramentas que ajudam o progresso pessoal e a construção de uma carreira sólida e que traga reconhecimento. A capacidade de ter domínio sobre o que se sente; a capacidade de direcionar os pensamentos que se tem; a capacidade de avaliar as crenças que se carrega durante anos, são fatores que fazem a diferença entre o sucesso e o fracasso na vida.

Esses fatores atuam na vida das pessoas constantemente, assim como a cada situação do dia-a-dia de trabalho. Eles podem ser destrutivos ou construtivos, dependendo de como são usados. São como um martelo que, quando é bem usado ajuda a construir uma casa, mas quando mal usado, torna-se destrutivo e a pessoa acaba martelando a si mesma. Quantas vezes você já ouviu a expressão: “Ele é o maior inimigo de si mesmo” ou “Como fulano se sabota!”.
Significa que estamos percebendo que essa pessoa tem talento, mas as suas próprias crenças e emoções interferem na sua vida de maneira que a impedem de chegar nos resultados desejados. Em outras palavras, ele usa as suas ferramentas intelectuais e emocionais, o seu “martelo”, contra si mesmo.

E ai é comum as pessoas se perguntarem: “Mas ele é tão inteligente, tem inúmeras formações, tem doutorado, como pode estar tão descontrolado?” Confunde-se inteligência intelectual com inteligência emocional. Ser inteligente na área intelectual não faz diferença nenhuma na área emocional.
O sujeito pode ser um gênio, mas se não souber lidar com suas emoções, com o stress das situações de adversidade, com a diversidade, com as mais variadas demandas diárias, com a pressão por resultados e administrar seu tempo, apenas a sua genialidade não o leva muito longe.

O fato é que faz sucesso aquela pessoa que sabe lidar com suas emoções e as desenvolve de maneira positiva, que vai em busca de transformar suas crenças limitantes em fortalecedores, aquela pessoa que traz ao mundo todo seu potencial e quer fazer a diferença na sua área de atuação e para as pessoas que convivem ao seu redor.

Um Abraço.

×

Powered by WhatsApp Chat

× Fale pelo Whatsapp